Sobre Temporada e Cour

Entre os diversos termos utilizados por fãs de anime [que não são poucos, ainda mais quando somados com aqueles aplicáveis a outras modalidades de ficção] um que causa estranheza e confusão entre muitos é cour.

Esta palavra, de origem francesa, significa caminho e foi adaptada no Japão para designar o espaço de uma estação: as doze ou treze semanas que somadas duram os três meses adotados como padrão para exibição de ficção. Sim, grande parte dos dramas tem 1-cour para terem começo, meio e fim; característica essa muito apreciada pelos fãs do gênero.

Já os animes estruturam-se de forma diferente: com produção enxuta permitindo duração praticamente ilimitada para quem obtivesse sucesso o bastante, por que não pensar em seis meses ou um ano como sendo o padrão?

E assim foi até o advento do otaku maior de dezoito anos como pilar de sustentação da indústria; audiência e brinquedos deram lugar aos Blu-Ray em Edição de Colecionador a preços absurdos [9000 yen ou aproximadamente 180 reais a cada dois episódios de anime? Mesmo?] como principal ganha-pão; assim vale mais vender os sete discos de K-ON! [13+1 episódios] aos nove de K-ON!! [26+1 episódios].

Assim, a tendência de 1-cour como padrão cresce, refletindo-se no chamado split cour adotado de Fate/zero a The World God Only Knows; uma obra inicialmente de 2-cour é descaradamente dividida tanto para vender mais discos para um fandom que não se importa o quão absurdo lhe explorem como para conseguir um tempo maior de produção – que significa uma equipe mais enxuta e portanto custos reduzidos.

Beleza, entendi a desse tal de cour – mas e a temporada?

Então, para animes considere temporada como divisão arbitrária e determinada pela produção da obra, sem qualquer padrão aplicável a situações variadas – nem mesmo no mesmo anime. Prova disso é Hayate no Gotoku com sua 2nd Season durando 2-cour contra os 4-cour da original ou Kimi ni Todoke 2nd Season, com seu 1-cour também sendo metade da antecessora. Mesmo Gintama, que muda de abertura a cada 2-cour é propagandeada pela produtora Dentsu como tendo seasons de 50 episódios.

Mas o que isso tem a ver com o roteiro ou a qualidade de uma série?

Se é assim, por que não ver algum de nossos reviews, hein?

4 Comentários

Arquivado em Estudo

4 Respostas para “Sobre Temporada e Cour

  1. Lance é, adianta nada enrolar e ser ruim, prefiro menos enrolação e mais emoção.

  2. Rozeex

    Eu prefiro animes com apenas 1 cour então para mim essa nova tendencia é ótima. Agora no aguardo de Fate/Zero e Kimi to Boku em abril. 😄

  3. Pingback: Primeiro Episódio: Rinne no Lagrange | Nahel Argama

  4. Pingback: Guilty Crown | Nahel Argama

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s