Primeiro Episódio: Smile Precure

Guest Post por @hakeru_chan

Fui convidada pelo Qwerty para comentar o primeiro episódio de Smile Precure. E começo na verdade com um comentário dele mesmo: que foi clichê. Mas isso é muito Capitão Óbvio, tio!

Pretty Cure nunca foi uma série que tentou fugir do clichê “meninas com roupas fofas e coloridas ganhando poderes e salvando o mundo do mal”. Temporada após temporada, o plot é o mesmo. Se o anime tivesse vendido a ideia de ser algo jamais visto e que abalaria as estruturas, acho que a crítica do clichê teria sentido… mas não é e nem nunca será o caso XD

As únicas modificações são os temas principais e como a história é contada. Com relação às integrantes, algumas temporadas contam com times completos desde os primeiros episódios, outras vão tendo guerreiras adicionadas conforme a história caminha, dando aquele ar de suspense. E Smile Precure, voltando à mecânica de Yes! Precure 5, já se inicia apresentando o time de cinco guerreiras, dessa vez com o tema base de “contos de fadas”.

O primeiro episódio começa apresentando a “líder”, como é de praxe: Hoshizora Miyuki está à caminho da nova escola, enquanto sonha com algo “ultra happy” que ela pressente que irá acontecer. Miyuki adora livros de histórias – os tais contos de fadas, o que mais seria? – e parece viver no mundo da lua.

É quando ela encontra Candy, a fada mascote da vez (que parece muito com uma ovelhinha, cuticuti >3<). Candy sai de dentro de um livro que surgiu voando na direção de Miyuki e explica à garota que ela vem do País dos Contos de Fada, a Märchenland – que aliás, significa “contos de fada” em alemão. Mas antes que Miyuki faça mais perguntas, Candy desaparece, deixando apenas o livro de capa rosa para trás, que a menina acaba levando consigo.

Miyuki chega à escola e enquanto faz a sua apresentação, conhece quatro colegas de classe – que obviamente serão as outras pretty cures da temporada: Hino Akane, Kise Yayoi, Midorikawa Nao e Aoki Reika. Para quem já viu Yes! Precure 5, é quase impossível não fazer a correlação entre as personagens, embora a semelhança realmente gritante seja entre Rin e Akane. E enquanto em Y!PC5 Komachi e Karen eram de turmas avançadas e Urara de uma turma anterior, suas correlatas em Smile são todas da mesma classe, o que afasta a sensação de convivência forçada, inclusive no fator idade.

Enquanto estava na sala de aula, Miyuki vê Candy pela janela e resolve procurar a mascote, fazendo uma busca pela escola. E ao chegar na biblioteca, ela vê uma luz rosa brilhando em uma das estantes. Ao mexer nos livros, uma espécie de portal se abre e ela é “sugada” para um lugar repleto de mais livros. De uma fresta entre eles, ela finalmente avista Candy novamente, mas dessa vez a fadinha parece estar fugindo de algo. E ao colocar o livro – de onde Candy saiu – na estante, Miyuki surge magicamente numa livraria no meio da rua, exatamente onde a fada estava. Provavelmente esse lugar “mágico” cheio de livros ainda irá ser muito importante…

Miyuki então se dá conta do que Candy estava fugindo: um dos vilões da temporada, Wolfrun, que nada mais é que um Lobo Mau estilizado, aproveitando bem o tema da temporada. Ele ameaça Candy e explica que está coletando Energia Negativa do mundo para acordar Pierrot – o malvadão supremo – que fará o mundo chegar ao Bad End, o Final Infeliz. Candy o enfrenta juntamente com Miyuki, que mesmo muito assustada, decide proteger a fadinha para lutar por um “final feliz”. Ao expressar esse desejo, uma forte luz rosa brilha em Miyuki… e aí acontece o que todo mundo já sabe XD

A menina recebe o Smile Pact, o item de transformação e Candy a manda usar um Cure Décor – uma coisinha parecida com um broche – e dizer as palavras “Precure, Smile Charge!”. Miyuki então se transforma na “luz brilhante e cintilante do futuro”, Cure Happy! A cena da transformação aliás parece uma mistura de Heartcatch Precure – o Smile Pact, que parece um pó de arroz mágico, fazendo as vezes do Perfume do Coração – e de Fresh Precure, no início e no final da sequência (no final eu quase ouvi um “pinku no haato wa ai aru no shirushi…” XD)

Outra semelhança com Heartcatch é quando Miyuki – agora Cure Happy – pergunta para Candy o que aconteceu. E a consequente falta de jeito da menina em lidar com seus novos poderes, dando um salto gigantesco sem saber como voltar, por exemplo XD

Ela também não consegue soltar seu golpe básico numa primeira vez, o que resulta numa cena muito engraçada. Mas com um pouco de força de vontade, ela vira Super Sayajin e solta um grande KamekameHappy! …Sério, a cena parece muito com isso! (e na verdade, o golpe se chama Happy Shower, rs)

No geral, Smile Precure começou muito bem, mostrando que a franquia Pretty Cure ainda tem o que mostrar. A animação chamou muito a atenção desde os primeiros segundos do episódio, que apresentou as cinco guerreiras; embora sabe-se que há equipes de animação para cada episódio e que a qualidade pode não se manter constante. Com uma paleta de cores extremamente vibrante e brilhante, com todos os tons do arco-íris (e mais alguns), é um verdadeiro deleite para quem gosta disso… tipo euzinha, hahaha. O character design também foi um ponto positivo – muitos viram mais referências a Fresh e Heartcatch Precure aqui – e os grandes e expressivos olhos das personagens foram bem marcantes, especialmente com Yayoi, a personagem que exala fofura e moe (no bom sentido) para todos os lados.

O tema de abertura, “Let’s go! Smile Pretty Cure!” contou novamente com a participação de Aya Ikeda, figurinha carimbada na franquia, enquanto que o tema de encerramento “Yay! Yay! Yay!” foi cantado pela novata Yoshida Hitomi. Pelo nome da música, já dá pra saber que foi um encerramento fofo e com uma coreografia mais fofa ainda – se é que é possível XD

Aliás, deixa-se registrado que a cada tema de encerramento, a Toei se supera na animação em CG; mesmo que você não goste das dancinhas, há de se bater palmas para a técnica de animação, que é algo lindo de se ver.

De negativo, aponto apenas uma coisa, pessoal minha: há três temporadas, a história de Pretty Cure começa sempre com um time incompleto, tendo mais integrantes sendo adicionadas ao longo da temporada. Eu particularmente adoro esse “mistério”, bobo até, de esperar pela nova guerreira do time. Mas em Smile é praticamente certo que isso não irá acontecer, e eu já estou sentindo falta disso e de toda a especulação que isso gera no fandom XD Me restará esperar pelos episódios que em breve mostrarão o debut das minhas preferidas dessa temporada, Cure Peace e Cure Beauty.

E então, vamos juntos proteger os sorrisos de todos com Smile Precure?

Deixe um comentário

Arquivado em Primeiro Episódio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s