Guilty Crown #19: Renascimento

Guilty Crown #18: Querido…

A ideia básica explorada neste episódio até que faz sentido; a execução desta é que faz Guilty Crown ser o que é.

Este episódio de número dezenove de Guilty Crown acaba tendo duas metades que fazem certo sentido para abordar o assunto desenvolvido neste: o renascimento de Shu Ouma, o todo-poderoso de que alguma forma irá resolver tudo nos três episódios restantes desta.

E para surpresa de alguns uma destas metades é justamente a mãe deste, Haruka Ouma, que tem aqui um destaque que nunca obtivera antes na série. Idealista [afinal, como uma personagem tão gostosa poderia ser má? a maldade aqui está reservada para homens velhos e feios…], logo esta vai tentar matar Mana para somente fracassar [e ter uma conversa com o chefe da GHQ que é revelado ser seu irmão mais velho].

O importante é que esta consegue fugir dali carregando uma importante valise – o que irá render uma bela perseguição comandada por Segai a ela e em seguida aos Undertakers com os quais logo se refugia. Porque afinal, sua primeira opção que era Kuhouin [sim, o avô de Arisa] morreu como um heroi [mais de oito mil aspas na frase anterior].

Enquanto isso temos Shu, malandramente vestido com uma blusa de moletom [nesta série, o vestuário forma o caráter do homem] sequestra [aspas, muitas aspas] Arisa – afinal, seu grande objetivo agora é achar Inori. Porém esta, sabendo da fuga de Haruka, quer antes encontrar-se com esta, e assim os dois acabam indo também ao encontro desta.

O ritmo que vinha sendo frenético no começo do episódio [com Haruka em um verdadeiro e sexy bodysuit acaba dando uma acalmada no meio deste para uma série de conversas que vem principalmente a estabelecer dois fatos que serão utilizados no clímax: 1 – Haruka não é a mãe de Shu, e sim a segunda esposa de Kurosu que criou o garoto [de maneira displicente, afinal é inspirada na Misato] após a morte desse e 2 – a valise carrega simplesmente o maior deus ex machina desta série que é…

Sim, mais um Void Genome. O poder dos Reis. Que na série somente Gai [que roubou-o de Shu somente dois episódios antes] e Yuu [cadê você, garoto? será que estão guardando-o para uma eventual segunda temporada?] possuiam até então.

E Segai vem, impedioso, a procura do frasco que tudo resolve, que tudo pode fazer. Guilty Crown é puro estilo, puro exagero, e aqui isto aparece de uma forma exagerada que mesmo na série poucas vezes se viu. Após Ayase… sim, Ayase!, sair corren- bem, da forma que conseguiu, atrás do frasco mágico que lentamente ia escapando de suas mãos. E das de Segai. Ayase. Segai. Ayase. S-

Shu. Nosso protagonista, com toda a sorte dos deuses que merece, aparece na hora e momento certo para achar o Void Genome no chão no prédio em chamas [claro, causadas pela ação do caricaturalmente malvado Segai]. E o usa magnificamente, tendo inclusive seu braço direito sendo reconstruído de forma biomecânica e o caramba.

Após todo o show [e se Oguro morreu mais cedo no episódio para dar aquele efeito dramático, de perigo iminente, Segai morre aqui somente para provar que Shu Ouma, sim, pode!], temos a revelação de que esta nova forma do protagonista atrai tudo, de bom e de ruim, que existe no mundo.

É a dica: Shu irá morrer, como um deus, pelos pecados de toda a humanidade. Gai, Shuicihiro, todos estão de olho. Cartas na mesa, que venha agora o pega para capar!

E de novo: cadê o Yuu? Cheiro de segunda temporada no ar?

Guilty Crown #20: Um Diário…

Ou seja, flashback massivo no próximo episódio?

9 Comentários

Arquivado em Episódio a Episódio

9 Respostas para “Guilty Crown #19: Renascimento

  1. E mais uma vez, mais uma “resenha” ótima, eu sempre venho aqui, mas nunca comentei, realmente concordo, ou Guilty Crown mita agora ou….”gaimorrerá tentando”. (foi podre pfffft)

  2. Eduardo Ribeiro

    Se não tiver segunda temporada, com certeza será um filme…
    Praticamente impossível (e se for, bem porcamente) fecharem tudo nesses próximos três episódios…

  3. alice

    Baseado no anime, eu posso dizer que Guilt Crown vai fechar tudo de maneira porca. As coisas em Guilt Crown acontecem de maneira porca.
    Aquele papo da Haruka não ser a mãe verdadeira do Shu é o mo caido do ceu, nem da para se emocionar com esta revelação. So colocaram isto para explicar o pq da mãe dele mal aparecer no apartamento e tb para explicar o pq ela nem ta ligando onde o Shu esta, todos os dialogos dela neste episodio foram totalmente artificiais.
    O Shu devia ter morrido no episodio 17 e a historia deveria estar se focada no Gai, ao meu ver a historia sempre deveria ter se focado no Gai, pois mesmo com todos os defeitos de personalidade o Gai é uma pessoa decidida que sabe oque quer, assim como a Arisa.

  4. alice

    O final do anime vai ser o Shu acordando na noite do natal perdido e descobrindo que foi tudo um sonho, e nada daquilo realmente aconteceu,. Não duvido de algo assim acontecer

  5. lol

    bom curti o comentario ‘-‘
    sobre o Yuu ele aparece logo no começo do ep 19
    Gai extraindo seu void ^^

    • Não, aquele não é o Yuu [que afinal tem o mesmo poder de Shu e Gai].

      • lol

        bom como reparo muito em detalhes …assista o ep12 repare na roupa dele e detalhes depois olhe novamente o ep19 na hr q o gai vai extrai o void dele repare nos detelhes da roupa dele
        sao as msm com os msm desenhos na costa e etc…acho muito dificil n ser ele la
        e deixando meus parabens pra ti curto muito aki hehe ^.^

  6. como é o nome da segunda temporada de guilty crown??
    por favor,alguem me conta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s