Anime Friends 2010: Fotos e um Olhar

Hora de parar de ser profissional um pouco e contar uma experiência de vinte meses atrás.

Julho de 2010, hora de ir no Anime Friends para encontrar alguns estup- conh- amigos da internet. Se em outras ocasiões havia ido com amigos tradicionais, sim, aqueles da vida real – sempre bom tê-los, dica – desta vez iria ver um ou outro com quem falava [é, infelizmente o grave defeito de amizades surgirem como sumirem rápido até demais atingiu em cheio aqui; mas devo confessar que saudades de todos vocês do orkut e do MSN] pela internets.

Claro que foi legal e divertido conhecer fulano, beltrano e sicrano [ah, leitor curioso!] – até porque o maior evento de anime no Brasil no fundo é isso, um ponto de encontro para pessoas que moram desde bairros próximos até Estados distantes. Poderíamos simplesmente almoçar no, huuum, Sushi Yassu que o preço da entrada cobrado pela realizadora já seria o suficiente para uma farta refeição.

E tudo isso [oras, é simplesmente o triplo cobrado pelo Festival do Japão!] para termos uma estrutura em tudo semi-profissional. Sim, tem um tamanho bem razoável e ao menos na edição 2010 não teve nenhuma falha grande digna de nota, mas falta a camada de profissionalismo que separa quem realmente quer ser grande de quem simplesmente está muito satisfeito com o modelo atual e quer é mais ganhar o máximo de dinheiro com o mínimo de esforço possível.

Aqui podemos abordar duas frentes: a estrutura em si e o ciclo de atividades disponíveis para o visitante curioso. Quanto ao primeiro, simplesmente parece uma feira de ciências de alguma escola ampliada algumas vezes. É tolerável – e só.

Mesmo o Festival do Japão não sendo a oitava maravilha do mundo, é facilmente notável a diferença na variedade e qualidade de lojas/estandes, que conseguem satisfazer o público mais velho e exigente composto pela colônia japonesa [e turistas em geral]. Sem contar a no geral muito fraca comida – leve seu sanduíche natural ou Pringles de casa, é uma opção melhor.

Mas é o ciclo de atividades que cheira imensamente a potencial desperdiçado. Salas temáticas chatas com temas chatos passando animes chatos ou falando de… sério, Harry Potter? Chaves? Você verá mais pessoas jogando videogame aqui que qualquer coisa a qual imagine haver algum potencial quando vê no site a lista de atrações.

Claro que há o mínimo esforço para haver palestras e tudo o mais, mas também igualmente genéricas e com absoluta falta de foco. E é simplesmente patético vermos Jovem Nerd ou Cauê Moura [respeito o trabalho dos caras, antes que venham com críticas nos comentários] serem pagos pelos organizadores destes eventos para serem atrações de destaque. Claro que é circo, mas não precisa deixar as cartas tão marcadas…

Assim, o tríade da diversão em um evento destes é, além de jogar videogame com mais pessoas, fazer as compras no estande da Comix [algo que pelo menos em SP pode ser feito outras vezes durante o ano, da Virada Cultural ao Fest Comix] e… ver os cosplayers.

Não aquele povo que vai para o Japão ganhar aqueles eventos todos que você fica sabendo mais no Mais de Oito Mil, mas sim aquela pessoa que simplesmente quer ficar bonita e brilhar muito no AF. Andar, ver cosplay, tirar fotos, taí a graça do maior e melhor evento de animes do Brasil.

Trocaria tudo isso por poder fazer uma pergunta a Gen Urobuchi ou assistir a algum anime [Guilty Crown, oi?] em uma tela grande ou mesmo a ir em um painel do FAKKU. Sim, por que os donos de um site especializado em putaria são convidados para os eventos lá fora.

Cansou dessa babaq- conversa toda? Hora das fotos tiradas por este que vos fala:

Hora da fila - Primeiro Dia

Dica para você aí. Sim, você mesmo.

IT'S PARTY TIME!

Figures de animes, erm, desconhecidos - ao menos para o público-alvo do evento.

Um pouco de putaria não faz mal a ninguém...

Hora de elogiar a estrutura do evento.

Fantasia tão confortável quanto o All-Star da pessoa...

CEDUSSAUM!

Cota do Bino.

Detalhe: estava uns bons quinze graus no momento em que esta foto foi tirada.

Sofre, proletariado!

Criançada curtindo o evento...

Sim, Windows XP.

Belo cosplay e bela cosplayer.

Qualquer luva e o povo já acha que está em Amestris...

Sim, cosplay duplo. De Pokémon.

Outro cosplay bem-feito com uma cosplayer bonitinha. E isso fora das competições, veja só...

Tão fofinho que...

..........................

A foto mais óbvia que verá por aqui.

Isso, isso, isso...

Mario, versão alternativa.

Ingresso devidamente rasgado algumas horas depois de entrar no evento.

Daora o trabahlo infantil em Konoha.

Foto convenientemente tirada por trás enquanto outra foto ia sendo tirada...

Soa profissional até demais, não?

Direto da Vila do Exército.

Como não rir desse Usopp?

Melhor enquete. E você, em qual votaria?

Hora das compras.

Muito cuidado com o que faz neste tipo de evento, viu?

Ah, as figures...

Sensacional esse Homem-Aranha. Sério.

E aí, vale cosplay quando a pessoa não tem o corpo, erm, adequado ao personagem? #mamilos

Claro que não podiam faltar as compras. Sacolinha da Comix e do Mupy, sempre obrigatórias.

Tela gigante sendo gastada com filme de Naruto em qualidade de DVD e legendas amarelas. É...

A vida imita a arte.

Antes de terminar este post, uma história triste e curiosa vivida por este que vos fala: muito distraído e esquecido, acabou por perder – veja só! – as chaves de casa, percebendo a falta de tão valioso objeto somente próximo das vinte horas [quando enfim dão-se por encerradas as atividades]. Após uma verdadeira peregrinação que começou em uma sala utilizada para descanso por parte deste que vos fala [e outros], finalmente a jogo de chaves foi encontrado. Guardado de forma profissional e segura na mochila de uma membro do staff. E, como diria o meme é esse o país que irá sediar em 2014 a Copa do Mundo.

8 Comentários

Arquivado em Outros

8 Respostas para “Anime Friends 2010: Fotos e um Olhar

  1. Gabriel

    Preciso mostrar isso pro pessoal do meu estado que acha que o Anime Friends é uma maravilha.

  2. Só não consegui identificar o ninja com farda do exército..rs! :’)

  3. valdessom

    Em que salão esse Goku fez o cabelo? E esse Luffy Chico Bento? CHOREY aqui! lol

  4. Fico com o irmão menor do Friends, o Family, que é aqui no RJ mesmo, é mais barato e tem a Comix, o resto, eu que não ligo.

  5. Ainda não entendo essa de “evento de anime é tosco, mas é ponto de encontro…” Só fui num evento de anime uma vez (pra nunca mais) e só serviu pra confirmar tudo que eu via na interwebs. Então se pode pagar a entrada pr’um Friends ou qualquer outro, porque não gasta em algo melhor? Algo não tão caro e com o devido cuidado que os… visitantes? clientes? merecem. Deixa os eventos pro otacos e weeaboos.

  6. suzane

    KK MUITO LEGAL

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s